quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Super Carlote contra o crime

No ano passado, meu irmão estudava de manhã e ia pra aula de bicicleta, mas sabe como é colégio público... não deu muito tempo e roubaram a bicicleta dele, que tava super inteira...meu pai tinha mandado arrumar, colocar tudo novinho pra ele ir pra aula. Meu irmão foi na diretoria...mas sabe como é colégio público... a diretora não podia fazer nada... Mas, tudo bem... o meu pai pôde fazer.
Alguns dias depois, eu, o Momes, meu pai e minha mãe saímos pra comer batata-frita no Taberna do Gato. Quando dobramos pra entrar na rua certa, meu pai freiou do nada e deu um grito:
-Olha ali! A bicicleta do Luiz!
Ai-meu-Deus! Me senti numa perseguição dos vídeos incríveis!
Meu pai colado no cara com a bicicleta do Luiz e gritando:
-Desce daí vagabundo! Essa bicicleta é do meu filho!
Paramos...meu pai desceu, a gritaria começou... e nós dentro do carro com uma cara de "Puta que pariu! Que merda!", a vizinhança toda nas janelas (atrás das cortinas), e nós rindo de nervosos! Hauhauhau...que vergonhaaaa!
Meu pai ameaçou chamar a polícia e o cara entregou a bicicleta... 
Meu pai, que tava todo arrumadinho pra ir no barzinho, foi pra casa... pedalando, bem feliz que tinha recuperado a bicicleta do meu irmão! 
Essas coisas só acontecem com a gente mesmo...
Uma salva de palmas para o Super Carlote, que lutou contra o crime e  salvou o meio de transporte do meu irmão!

Ps 1.: Depois desse incidente, meu irmão "reformou" de novo a bicicleta, inclusive trocando a cor dela (pra não ser reconhecido).
Ps 2.: 3 meses depois ele vendeu a bicicleta.

Bjoos minha gente!

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Será?

Pensamento do dia!

Todo mundo numa vibe boa de fim de ano, perspectivas para o novo ano, esperanças, pensamento positivo, metas (que quase nunca são cumpridas), mas que é tão bom fazer mesmo assim.
Este ano foi difícil pra caramba, pelo menos metade dele, mas foi muito bom contar com as pessoas que amo, e daí me lembrei desta mensagem, que gosto muitoo...

"Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.  E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.  E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.  O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.  Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;  Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;  Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.  O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;  Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;  Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.  Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.  Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.  Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor."

Bjos...

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Melhores (e piores) do ano!

Ano novo chegando... e vem aí os Melhores (e piores) do ano - by: Grazi.

Categoria - Pau pra toda obra
Nesta categoria entra muitaa gente, meus pais amados (sempre), o Momes, meus avós, primas, tios, cunhados, sogros e alguns poucos (e bons) amigos. Agradeço a todo mundo que foi me visitar no hospital e principalmente quem foi me visitar em casa. Mas agradeço mais ainda aqueles que mesmo depois de tudo ter passado continuam me ligando, mandando msge ou marcando pra gente se encontrar! Brigadão minha gente, vocês são sim, Pau pra toda obra!

Categoria - Amigos da Onça
Para aquelas pessoas que depois de tudo ter passado, me mandam uma mensagem que diz: "Desculpa não ter te ligado, é que tava sem tempo", obrigada á vocês também que me ajudam a exercitar o cinismo!

Categoria - Por essa eu não esperava
Claro que só podia ser isso... Marcar a data do casamento! Esta categoria eu não vou nem comentar...vai que o Momes desista!

Categoria - Felicidade Plena
Fiquei muito feliz quando eu soube que não ia precisar mais fazer tratamento... que estava curada! Porque pelo protocolo de tratamento, as quimios iam acabar só no fim de dezembro; e felizmente eu ganhei alta em julho! Sensação de leveza, uma alegria sem tamanho!

Categoria - Me leva daqui
Quando eu fui pra UTI neste ano foi horrível... acordei achando que estava num hospital veterinário em General Câmara, que eu tinha sido roubada e estuprada e que o Eduardo não sabia onde eu estava, acusei a enfermei de tentar me assustar... o ó! Claro que nada disso aconteceu... foi em decorrência dos medicamentos que me deram. Perdi a memória de 1 semana inteira, a semana anterior de eu ir pra UTI. 
O Momes tinha me dado um presente de dia dos namorados e eu nem lembrava, reclamei pra ele.
-Poxa até minha mãe ganhou presente...
-Mas tu quer outro???
-????
-Já te dei, na semana passada, não lembra???
Até hoje não lembro de nada, e acho que nem vou lembrar...vai ver é melhor assim. 
Ps.: Mas o presente eu ganhei mesmo!

Categoria - Melhor rolé
Show do Paul, claro! Eu escuto as músicas e fico arrepiada me lembrando de quão emocionante que foi, mas não dá pra explicar... só quem foi que vai entender o que eu estou falando! Mais emocionante ainda por ser minha 1ª grande saída!

Categoria - Me dá um dinheiro aí
Este ano fui muito econômica... só comprei dois relógios! Gastei menos do que eu recebo, então..significa que sobrou dinheiro! Tá...não muito, mas consegui comprar um monte de coisas legais, tal como minha tv, tirar o aparelho e deixar os dentes nos trinques, entres outras coisas (que no momento não lembro).

Categoria - Caiu a ficha
Só caiu a ficha de que estava curada, quando eu e o Momes fomos comemorar 1 ano de noivado. Só lá percebi que tudo podia voltar a ser como era antes! O Momes sempre foi muito importante pra mim, mas mais ainda por ele ter ficado do meu lado todo o tempo...amo muitoooo meu guaranazinho!

Categoria - Terapia ocupacional
Ter feito o blog foi a melhor coisa que eu poderia ter feito por mim mesma, aqui eu escrevo tudo o que me dá na telha, e fico me sentindo muito bem! Melhor do que a psicóloga que tive no início do ano, queria então, agradecer você, querido leitor, que me acompanha, que comenta, que recomenda!
Brigadão também a todo mundo que faz merda pra eu ter o que escrever (em especial pro meu pai!!!).
Brigadão a todo mundo...

Feliz Ano Novo! Que 2011 seja um ano cheio, cheio de saúde, amor, paz, alegria e realizações!
Beijão :)

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Quer passear no Big?

Ontem um calorãooo, e a gente louco pra sair... mas sair pra onde?
Adoro passear, principalmente em lugares fresquinhos. Mas já estou cheia de ir no shopping, tá...mentira, mas não gosto de ir pro shopping acompanhada, gosto de bater muita perna, sem ninguém vendo quanto e no que eu vou gastar. 
O Momes tava a fim de ir no museu da Puc (dá pra acreditar que estudo lá desde 2006 e ainda não conheço o museu?), mas é obvio que ia estar fechado, um dia depois do Natal.... No Olímpico a gente também quer ir pra ver o museu, mas tb não abre no domingo, redenção faz pouco que a gente foi, shopping não, cinema tb...já vimos quase todos os filmes em cartaz (exceto Harry Potter, que eu ainda quero ver sim), mas o legendado só tinha sessão ás 21...  Acabamos indo no Big comprar um pote de sorvete e panetone de chocolate... que decadência, né?
Então por favor, se você souber de algum lugar legal pra sair, me dá uma dica!

domingo, 26 de dezembro de 2010

sábado, 25 de dezembro de 2010

Feliz Natal!

Pois é... o Natal passou...e foi muito xoxo.
Antes da meia noite, ficamos na casa da Madrinha do Momes, a Gessi e lá tava muito animado! Viemos passar a virada aqui em casa, e como é todo mundo mais novo... pensei que o pessoal aqui ia estar bombando... que nada...
Quando chegamos, 23:30, tava todo mundo dentro de casa vendo o Pânico, sério... o Pânico. E antes das 02:00 já tinha todo mundo ido embora... e eu jurando que ia tomar meu pseudo-1º-porre.
Mas tudo bem...pelo menos o Papai Noel achou que eu me comportei este ano, ganhei alguns presentes! Mas o melhor de todos eu já tinha ganho em novembro: o show do Paul.
O amigo secreto tava bom! Quem me tirou foi a Júlia e ganhei uma blusinha pra passar o fim de ano e eu tirei a minha vó Niquinha! As fotos eu não consegui passar pro computador pq faltou pilha na máquina. Aliás... sr. Papai Noel, no ano que vem bem que o sr. podia me trazer uma máquina semi-profissional e pilhas boas também. Fica a dica.
Feliz Natal pra todo mundo!
Bjoos!

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Do espírito Natalino

Não ando muito na vibe das postagens... ando mais na vibe dos presentes natalinos. Claro que deixei tudo pra última hora, não vou dar presente pra ninguém, não, tava comprando os amigos secretos de todo mundo. E por incrível que pareça não comprei nada pra mim. Ando meio desanimada com o Natal... era tão legal quando eu era pequena... a família toda se reunia, minha bisavó sempre fazia a gente cantar e rezar, a gente jantava, fazia o amigo secreto, tinha sempre Papai Noel, e a gente só ia embora lá pelas 5 da manhã. Tá certo que a gente ganhava um monte de presentes, mas não era só isso. A gente esperava o ano todo pra se reunir...e era tão bom. A família toda mesmo, de Curitiba, do Rio, os daqui...  e era tudo tão lindo, a gente ria tanto, era uma noite maravilhosa. Mas aí, meu tio e meus bisas faleceram, as crianças cresceram e as coisas perderam a graça.
Sou super a favor do espírito Natalino... tem gente nova na família, ainda tem crianças grandes e muitos outros bons motivos pra gente se encontrar e comemorar... passar mais tempo junto, tempo bom junto.
Então este ano queria realmente que fosse diferente, que a gente lembre o verdadeiro sentido do Natal...
Este ano é meu 1º Natal curada, talvez por isso eu esteja sentimental demais... ou não... quem sabe esteja na hora de mudar alguns conceitos...
Bjoos minha gente

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Do amigo secreto

Amanhã é dia de comprar os presentes do amigo secreto, acho muito difícil comprar presentes... as pessoas são difíceis de agradar, tenho boas idéias, mas elas me custariam muito caro.
Eu por exemplo gosto de pedir presentes, e se me perguntam o que eu quero não me faço de rogada, digo logo do que eu estou precisando no momento! E geralmente são muitas coisas, dá até pra fazer uma lista! Mas os bons tempos do Papai Noel bem gordo já foram... era tão bom quando eu era  criança e ganhava um monte de coisas e nunca trocava nada que me davam, esta prática aprendi depois de grande!
Mas pior do que comprar presente pra 1 amigo secreto é comprar para 5... eu que vou comprar o presente pra todo mundo aqui de casa... então amanhã é o dia da sacoleira - by: Grazi... mas quero dizer que não estou nenhum pouco feliz com essa missão... não estou mesmo, só gosto de comprar coisas para mim mesma, e infelizemente ninguém daqui me tirou... mas estou curiosa pra saber o que eu vou ganhar! Conto pra vocês e talvez poste algumas fotos...
Então é isso minha gente...
Bjoos

domingo, 19 de dezembro de 2010

Calorãoo

Hoje eu e o Momes fomos dar uma volta por Porto... fomos no Olímpico, e não está nada como eu me lembrava dele, não sei se é porque faz muito tempo que eu fui... as nossas concepções das coisas mudam, tava tudo fechado, a gente queria ir no Museu e no Grêmio Mania, mas não rolou. 
Fomos então pra Redeção, caminhar um pouco no calorão. Tem muitas banquinhas com muitas coisas legais pra comprar, fiquei de olho em um monte de coisas que eu vou querer comprar pra decorar quando eu tiver a minha casa! Cheguei em casa exausta, tenho pavoor do verão...mesmo assim topei em dar banho na Nicole e fazer um bolo de leite condensado, que fomos comer vendo um filme (aleatório), na tv... porque os últimos que o Eduardo baixou foram muito, muito, muitoooo ruins (desculpa Momes, vale a intenção, claro... e a sinopse ás vezes ajuda....). Em falar em filme... quando vão passar Esqueceram de mim??? Só entro no clima de Natal depois de ver este filme!
Bjoos

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Mãos ao alto!

Ontem tava vendo no Jô um cara que escreveu um livro sobre golpes (não de artes marciais) de vigaristas mesmo. As pessoas tem cada vez mais criatividade para roubar as outras. Eu fui assaltada uma vez, á muito tempo atrás, mas foi do modo tradicional mesmo, com arma e tudo.
Foi na casa espírita, eu e minha vó fazíamos um curso lá. Um fim de semana antes a casa tinha feito um chá, e os bandidos sabendo que tinha dinheiro, decidiram assaltar a gente. Entraram 3 caras armados e mandaram todo mundo deitar com a cara no chão, minha vó coitada, tinha feito uma cirurgia, e não conseguia deitar, teve que ficar de joelho tadinha.
Reviraram bolsas, bolsos, carteiras, sacolas... e eles mandando:
-Todo mundo com a cara no chão. Vamos levar o "rango" também.
Minha vó cochichando:
-Meu Deus, mas quem trouxe comida pra cá?
-Shiiiiii, vó.
Fui eu que levei comida, comida não, guloseimas: bolhacha, leite condensado, refri. E também tinha levado roupa, já que não ia posar em casa. E quando finalmente a tortura acabou, os caras foram embora, nos deixaram trancados lá dentro... todo mundo apavorado, chorando, procurando o que tinha sobrado dos seus pertences. Como a minha comida eles levaram, fiquei recolhendo minhas roupas (calcinha também) e tentando botar dentro da bolsa da minha vó. Eu empurrando pra dentro e a vó gritando:
-De quem é essa calcinha? Essa calcinha não é minha...
-Vó deixa eu botar aí, é minha.
-Mas essa calcinha não é minha. De quem é essa calcinha???
Com o susto ela ficou surda. Aí tive que gritar.
-É minhaaa!
Bom, depois dessa todo mundo ficou sabendo que a calcinha era minha, e a comida também.
Depois disso nunca mais voltei lá... não por causa da vergonha, por medo do assalto mesmo... são coisas que acontecem... fazer o quê...
Bjoos

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Vai ser foda!

Esse ano não foi tão ruim quanto eu imaginava que seria.
No Natal do ano passado, tava falando com a minha tia Jaque:
-Graziii, ano que vem, tu vai ver, vai ser tudo mais fácil.
-Não, não vai.
-É... vai ser foda mesmo... mas tu consegue!
Até o meio do ano foi bem foda mesmo, passei muitoo mal , fiquei mais tempo no hospital que em casa, fui pra UTI, quase morri, esqueci de tudo. Mas, era pra eu ter continuado com a quimio até o fim de dezembro, então eu já tô no lucro, este ano passou rápido pra caramba, e as lembranças também estão passando. Antes eu não conseguia ir dormir sem lembrar de tudo o que aconteceu, me angustiava, tinha que tomar remédio pra conseguir descansar... mas agora tá tudo indo, o que ainda não consigo é parar de pensar no meu pé...em como ele deveria estar, mas acho que isso também vai passar.
Hoje o Momes não vem, amanhã tem a última prova do semestre... tô com muita saudades de estudar... sair atrasada, acordar cedo, ver gente, pegar trem lotado, chuva...êláiá!!! Ficar em casa  é muito estressante e cansativo (é verdade sim!), então tenho saudades destas coisas não mais tão estressantes!
Minhas aulas só começam dia 16 de março, ainda tem bastante tempo...mas as férias, finalmente estão chegando ao fim! 
Bjos!

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Ainda de 2014

Pois é... esse negócio de já ter a data do casamento marcado deu o que falar... todo mundo com exceção da minha tia Simone e da Andréa Pimentinha não me questionaram, e  me entenderam! Todo mundo ri e depois pergunta:
-2014??? Porque esperar tanto?
Foi minha idéia esperar até 2014 pelos motivos que já postei, e eu definitivamente não me sinto preparada fisicamente, psicologicamente e financeiramente falando... mas pelo menos já temos uma data marcada,  isso é muito importante, né?! Janeiro de 2014, provavelmente 11 de janeiro de 2014... O Momes também não achou ruim... mais de 3 anos pra se preparar... e nem tive que botar pressão (achei que ia ser muitooo pior!)...
Bom...Natal chegando e agora até que me sinto mais motivada, decidimos fazer amigo secreto da nossa família, que fazia muitooo tempo que não tinha...vou dar um Vale-Gato pra quem eu tirar! Afinal a Lola tá prenha e o meu 13º já era!
Bjos

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Saudades!

Que saudadees de andar de trem!

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Da tendinite no joelho

Desculpem a falta de fatos novos... estou (ainda) com muita dor no joelho, então não me animei a postar isso... mas agora já diagnosticada com tendinite no joelho...
Um saco... meu pai falou que pra completar agora só falta eu pegar piolho...este mês tá foda.
E pior é que fico lembrando do ditado que diz que "não há dois sem três", ai... eu tenho medooooo!
Não tenho muitas coisas pra contar...mas esta semana sei que vou no shopping, que aliás faz tempo que eu não vou!
Bjos

domingo, 12 de dezembro de 2010

sábado, 11 de dezembro de 2010

Do camarão sociopata

Hoje fomos eu e o Momes no centro de Porto, pra ir nas agropecuárias ver os aquários e os bichinhos. A gente fazia muito isso antes de eu ficar doente, o Momes tem um aquário, que não tem peixes... só tem um camarão e uma raiz, que ele vive embaixo... tinham peixes mas o camarãozinho, quer dizer camarãozão (tá do tamanho daqueles que a gente come na praia fritinhos) comeu todos depois de ter cortado as nadadeiras deles, é... ele é meio sociopata.
Bom, o centro tava uma loucura... isso que faltam 2 semanas pro Natal...imagina na véspera... mas não tô ligando muito, este ano ninguém vai ganhar presente meu...nem o Momes, combinamos que ao invés de gastar dinheiro com presentes vamos fazer uma poupança para o "Lazer"... usar pra ir em shows, viajar, gastar nas férias... não sei.. mas claro que vamos ter que investir mais ao longo do ano... mas acho que vai valer mais a pena do que trocar presentes (já que eu nunca consigo guardar segredo e nem acertar no tamanho das roupas do Momes)... e ele não gosta que eu peça meus presentes... mas pensa...melhor assim do que me dar uma coisa que com certeza eu iria trocar.
Bjos.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Dá-lhe Tricolor!!!

Que tempo bem louco... ontem choveu granizo e tava previsto chuva pra hoje... eu já tinha preparado filmes e pipoca pra ficar na cama, caí do cavalo... um solzão de rachar.
De tardezinha fui andar de bicicleta, e misteriosamente, os cachorros que tentam me morder não estavam no lugar de costume... é estranho sair da rotina. Sempre costumo dar a volta no meu bairro, que é bem pequenininho, tem duas ruas principais e as demais ruas são balões. A ida é uma maravilha, acho ótimo sair de casa, pegar um solzinho, ver gente... na volta, depois da decepção de não ver os cachorros e pedalando contra o vento, desanimei e voltei pra casa... cansada e calculando quanto eu teria emagrecido pedalando meia-hora.
Minha gata tá prenha... ai tão fofinha, bem barrigudinha... dá vontade de apertaaaaar ela! Meu pai desistiu de nos colocar pra fora de casa...só porque disse que ia denuciar ele por abandono de incapaz... não... a gata  não é incapaz...eu é que sou!

Parabéns Gremistas! 2011 rumo á Libertadores!
Agora faltar secar o Inter!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Pensamento do dia

Bob Esponja: Eu tinha sonhos.
Sr. Sirigueijo: E eu tinha pedras no rim. Tudo passa.

Visita mensal a Santa Casa

Hoje foi o último dia de fisio, na clínica... porque certamente eu vou ter que fazer alguma coisa em casa, para que o meu pé não regrida. Depois da fisio, fomos direto pra Santa Casa, de 2 em 2 meses eu tenho que heparinizar meu catéter... fico feliz de ir visitar o pessoal, só visitar, todo mundo se surpreende o quanto eu tô bem... dá uma injeção de ânimo! Inclusive vi meu médico e não fui chamada de gorda.
-Noooossaaaa... tu tá muitooo bem...
-Tô né? Pois é... depois de vocês quase terem me matado...
-É... quase...
E foi bem quase mesmo...mas passou... aliás tá passando... lembro dessas coisas só de vez em quando... mas fiquei muitoo feliz de ter visto todos!
Fomos na João Pessoa tentar vender meus 30 pares de sapatos, tem muito brechó naquela avenida, mas só em um estavam comprando... R$ 2,00 cada par... sério... tudo isso. Claro que eu não vendi, melhor dar pra quem precisa...é o espírito natalino!
Bjo pra todos! Especial pro pessoal do Santa Rita!

A gente sai do hospital, acaba o tratamento e vira gente...


O cabelo cresce depois da quimio!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Minha música preferida dos últimos tempos...

Do ócio criativo

Amanhã vai ser o último dia de fisioterapia, e aí fico me perguntando o que eu vou fazer com mais tempo livre. Eu tinha uma professora da facul que dizia que era muito importante termos tempo livre, para o ócio criativo... o meu ócio não tem nada de criativo, só ás vezes eu invento de pintar algumas coisas, costurar... mas nada que preencha muito do meu tempo... e nada que seja muito criativo...
Por enquanto eu não estou vivendo... só administrando redes sociais!
Mas não estou ficando muito tempo na internet, vi numa reportagem que prejudica o sono ficar até tarde no computador, e é verdade mesmo, minhas piores noites de sono foram quando eu fico muito tempo no computador, e sem falar que meu cabo da bateria está estragado, é um tremendo exercício de paciência para tentar ligá-lo.
Acho que não vou para minha vó nesta semana.... é que meu pai vai pra lá na quinta, daí eu só ficaria até domingo...e não teria muito tempo de descanso... então vou deixar pra ir numa outra semana.
Bjooos

domingo, 5 de dezembro de 2010

Dos planos para 2014

Domingo...5 de dezembro já...
Ontem fomos na festa de 60 anos da dinda do Momes, muitoo bom aniversários (como vcs já sabem), legal chegar nessa idade com saúde  e com toda disposição pra festejar... tava muito bom, encontramos meus cunhados, tios, primas e primos (enxertos, como na minha família...) todo mundo alegre (claro que a ceva ajudou...alguns mais, outros menos), o Eduardo é um... tava empolgado pra dançar!
Estão achado meio estranho esta mudança do Eduardo... tá virando um pé de valsa, vamos casar... Êpa... como assim??? É minha gente... vamos nos casar... mas só em 2014... Explicar-lhês-hei:
Combinamos que o Momes vai construir o nosso apê e eu vou mobiliar, ok, fora a festa que eu quero e mereço...mas...mas... 
2010 - este ano sem condições de juntar nada, o tratamento foi até julho, gastos com remédios, alimentação, dentista, órteses... enfim... um ano conturbado.
2011 - Vou estudar, e se trabalhar vou pegar um estágio, aí sem condições financeiras pra mais nada...
2012 - Um ano bom (se não acabar o mundo...), pretendo estar trabalhando, e estudando (sempre...), mas aí sim, vai sobrar pro casório.
2013 - Não gosto de anos ímpares, nem do número 13, e estaríamos também em idade ímpar... pra quem já esperou até agora... esperar mais um ano é fichinha...
Então... em 2014 finalmente, a gente se casa e vai morar na nossa casa... no início do ano, para o caso de o Brasil não for campeão da copa o Momes não desista de nada...  e também já estamos avisando agora para que, vocês meus convidados também consigam juntar dinheiro para dar um bom presente! Rsrsrs...
Porque já falei...se eu ficar solteirona, vou ser uma velha, amarga, com 50 gatos... mas ainda tô legal... 25 anos, um dooooce de pessoa, noiva e com 1 gata apenas...
Bjoos minha gente!

sábado, 4 de dezembro de 2010

Mamy Lola


Ai genteee! Minha filha nº 2 tá grávida (ou prenha?).
Vamos ser postas para fora de casa... mas estou feliz do mesmo jeito!

Devidamente matriculada!

Oi minha gente...
Estou matriculada! Saí pra ir no médico de novo, porque o remédio que eu estava tomando não estava adiantando nada, eu e meu pai fomos de moto pra Porto Alegre, tenho um pouco de medo de andar de moto, porque qualquer descuido pode ser sério, mas foi bom sair pra pegar um vento no rosto... e bota vento nisso.
Aproveitei e fui na escola fazer minha matrícula, quando eu estava me inscrevendo uma moça da secretaria me disse: "Fico tão feliz quando uma guria se inscreve no curso... porque só tem homens...", pois é... o extremo oposto da arquitetura, que só tinha mulher... e viado (que contam como mulheres???), mas tudo bem, já fiz engenharia química (2 semestres, no início da minha vida de universitária) e também só tinha homens, e dos mais nerds. 
Hoje estou escrevendo da casa do Eduardo (acho que isso nunca aconteceu...) mas precisava sair um pouco de casa, não só da casa, mas também dar um tempo das pessoas... Semana que vem entro em férias (do quê?!) da fisioterapia minha gente! Aí acho que vou pra minha vó... tô com muitas saudades da mina rotina com ela, que morava a 4 quadras da minha casa, mas que agora tá morando em General Câmara (aí fica meio difícil de fugir pra casa dela quando preciso de uma psicóloga).
Mas paro por aqui, porque o Eduardo tá de olho no que eu estou escrevendo e tá num rançoooo... porque tá com tosse...
B-jo.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Pig Parede

E aí pessoas...
Então... não ando postando muitas coisas úteis esta semana, não tô muito legal mesmo, mas não é nada de tpm-psicológica, sou eu mesmo que não estou muito legal... fisicamente falando, aii, ando tão cansada, que se pudesse dormiria o dia todo. Esse calor que me mata... odeio o calor.
Esta semana estou preparando todos os meus documentos pra ir fazer minha matrícula no curso... em março do ano que vem começa! Estou fazendo muitos planos, muitos mesmo, tenho programação até 2014 (viu Momes?). 
Ontem fiquei tri empolgada com o leilão das vaquinhas da cow parede, fiz um porquinho pra ver se eu juntava dinheiro ( mas não adiantou... em 6 meses juntei R$ 1,00!), aí ontem de noite comecei a customizar meu porquinho, que já era mega estiloso, com os olhos azuis bem sexys e todo petit-poá! Não acabei ainda porque faltou material, mas quem sabe na semana que vem eu não poste aqui minha obra prima e lance o Pig Parede? Aí quem sabe também eu não consiga juntar dinheiro para os meus planos de 2014?!
Mas interrompendo meu programa na tv, um acidente aqui na esquina de casa (outro), com um motoqueiro e um carro, deu um barulhão super alto, a vizinhança toda saiu pra ver... todo mundo de baby-dool (ô beleza!).
Mas acho que o cara (da moto, claro) ficou bem, mas passei a noite toda sonhando com acidentes de moto. Agoro me preocupo bem mais com isso, já que meu irmão também tá de moto, aí quando escuto ele voltar da aula, fico aliviada... o trânsito tá bem louco, em qualquer horário...
É isso belezuras... até mais...

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Amanhããã

Dodói...

Pensei que hoje ia ser mais um dia normal, sem nada pra fazer como sempre.
Desde domingo não estou me sentindo muito bem, mas tava dando um tempo pra ver se ia passar, mas não passou, então resolvi ir no médico.
Fui no Ernesto Dornelles onde eu tenho plano de saúde, mas tava pior que o SUS... cheio de gente esperando, o médico super desinteressado, e ele acha (acha... porque o exame fica pronto em 3 dias), que estou com infecção urinária... pelo menos a receita pra comprar o remédio ele me deu, mas nem isso tava muito satisfeito em fazer. Passei a tarde toda lá... a saúde tá realmente uma vergonha.
Passeina farmácia e fui me pesar... aaaiii, tô com 53 kg... puta que pariu! Comecei a engordar depois que parei de fazer quimioterapia, acho que é de ficar tanto tempo em casa pensando na próxima refeição... Pior é que não dá pra fazer esportes, caminhadas pra ver se eu volto ao normal, a única coisa que dá pra fazer no momento é andar de bicicleta... o que me dá uma preguiçaaa.
Sem mais por hoje...

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Raríssimo


 Entendi mal ou o grande segredo do cara da novela era olhar pornografia na internet?
Ahã. Realmente... um cara que olha filme pornô é muitooo raro... Rrsrsrs...

domingo, 28 de novembro de 2010

Dos 5 anos


Momeeees...
Feliz 5 anos!
Te amo muitão!


Do casamento (não o meu...)

Pois é...fiquei sem escrever ontem, senti uma faltaaa, parecia que já estava há um mês sem aparecer...não gostei nada disso... mas é que não deu tempo mesmo.
Saimos de manhã para fazer a tomografia (ai medo!), quando marquei o exame pelo telefone, a Vaca 1 me disse que eu não precisaria tomar o contraste, quando cheguei para fazer o exame ontem, a moça me disse que eu precisava sim ter tomado, por isso eu teria que tomar 2 litros de contraste e esperar 2 horas! Além de tudo isso minha veia estorou e eu fiquei com mais um roxo no braço.
Corri a tarde toda...pega vestido, faz as unhas, maquiagem atrasou, Momes me liga apavorado, faz o cabelo... mas depois de tudo ainda conseguimos chegar na Igreja sem atrasar.
Foi uma cerimônia bonita, um tiozinho tocando órgão e um outro tocando (sei lá...trompete?), mas o  mais importante de tudo foi que o Momes achou tudo muito lindo (huum, senti uma pontinha de vontade de casar?!), o padre parecia estar meio fora do ar... o sermão foi sobre aprender a perdoar e a ceder (sim, coisas imprecindíveis num relacionamento), muito útil no meu ver...
A festa foi bem legal também, no início fiquei meio assim... todo mundo dançando... fiquei meio chateada, mas depois desencanei e descobri que eu posso dançar sim, e o Momes também (tentou pelo menos)... a gente se divertiu muito, chegamos em casa super cansados.
Bom, não vou me prolongar, ainda estou cansada e acabei de acordar...bjoos.



Felicidades á Luana e Bernardo, tudo de bom...e muito amooooor!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Pensamento da meia-noite

"...Eu quero da vida o que ela tem de cru e belo. Eu não estou aqui pra que gostem de mim. Estou aqui pra aprender a gostar de cada detalhe que tenho. E pra seduzir somente o que me acrescenta. Eu adoro a poesia e gosto de descascá-la até a fratura exposta da palavra. Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que quase me deixa exausta. Eu sei sorrir com os olhos e gargalhar com o corpo todo. Eu sei chorar toda encolhida abraçando as pernas. Por isso, não me venha com meios-termos, com mais ou menos ou qualquer coisa. Venha a mim com corpo, alma, vísceras, tripas e falta de ar... Eu acredito é em suspiros, mãos massageando o peito ofegante de saudades intermináveis, em alegrias explosivas, em olhares faiscantes, em sorrisos com os olhos, em abraços que trazem pra vida da gente. Acredito em coisas sinceramente compartilhadas. Em gente que fala tocando no outro, de alguma forma, no toque mesmo, na voz, ou no conteúdo. Eu acredito em profundidades e tenho medo de altura, mas não evito meus abismos. São eles que me dão a dimensão do que sou."  

F. Young

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Quinta-feira puxadinha

Hoje o dia foi puxado! Mas no saldo final posso dizer que foi muito bom...
Tive que ir no salão pra fazer uma pré-arrumação...estéticamente falando, cortei o cabelo, dei um trato na sobrancelha, arrumei as unhas...o resto eu faço no sábado mesmo. Hoje tinha ensaio do casamento de sábado, a igreja é muito bonita, e com certeza vai ser uma cerimônia bonita também, mas posso dizer que não me vejo casando na igreja, meu sonho é casar no campo... quase uma camponesa!
E conforme o previsto, o Eduardo odiou eu ter comprado o All Star, e ficou me perguntando o por que eu comprei...  Não vou dizer que não me faz bem comprar (mas ando muito mais econômica), mas acho que eu comprei o tênis mais porque me remete ao que eu era antes, e de todos os meus sapatos, o único que eu consigo usar é o meu Nike, o único...então sinto falta de usar as coisas que eu gosto, não as coisas que me servem. Mas tudo bem, eu vou perdoar ele...quem não tem um All Star não sabe como é bom! 
Conversamos bastante hoje, e o Momes acha que eu deveria tentar escrever para algum lugar ... e me fez um desafio... escrever um post sério (como assim? Eu sou uma pessoa séria!) sobre o Rio de Janeiro, e o caos que está lá, mas ele vai ter que aprovar a publicação! Não prometo que eu escreva esta semana, que tá muito puxada, mas quem sabe?
Até mais!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Do amor por sapatos

Hoje fui no shopping (segunda vez esta semana), fui na segunda, ajudar minha mãe a comprar roupas pra ir pra praia, claro que acabei ganhando um presentinho! E fui hoje de novo para comprar um brinco para o casamento de sábado... alguém aí tem alguma coisa em dourado pra me emprestar (anel, pulseira...)?
E como hoje é dia de pagamento (Viva o INSS!!!), tive que passar na Renner pra pagar, acabei comprando um All Star! Que saudade que eu tinha de usar... tenho 3 pares em casa, mas por causa da órtese eles não servem, aí tive que comprar um número maior! Aí ficou ótimo, e lindo, e muito estiloso! O Momes vai odiar, ele tem ódio de All Star... mas é sempre assim, não tem quem goste mais ou menos, ou a gente ama ou odeia este tipo de tênis. Como agora eu só posso usar tênis (sandália eu uso, mas me machuca), então achei que era um investimento válido para este fim de ano!
E já entrando no clima, aproveitei e tirei os sapatos, tênis e sandálias que não posso usar, saíram mais de trinta pares! Agora eu não sei o que faço com tanta coisa... Falta fazer isso com as minhas roupas também, tem coisa que acho que não combinam mais comigo, e claro, coisas que não me servem mais :(.            
Primas, amigas, leitoras...se tiverem interesse em fazer um brechózinho básico me avisem!
Bjoos pra todo mundo que ama sapatos!

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Que medo!

Gente...
Vi o documento CQC de ontem, sobre espíritos. Morro de medo de ver alguma coisa... não só espíritos, et também (menos o Bilu... o Bilu é legal, espalha sabedoria!). Sempre fui cagona, desde criança, daquelas de dormir de edredon só com o nariz de fora (até hoje durmo de edredon...mesmo no calor... é mais seguro!).
Naquela época eu dormia com o meu irmão, odiava... e comecei a odiar mais ainda depois de um episódio noturno.
Estava eu, dormindo, quase chegando naquele sono pesadooo, sabe? Quando comecei a ouvir alguma coisa (êpa!)... acordei... fiquei prestando atenção, silêncio...
-OLHAAAA ALI!
Meu irmão gritando.
-Olha o que, Luiz?
Eu.. me cagando.
-ALI, ALI!
Silêncio.
Eu me cagando mais ainda.
-OLHAAA ALI! UMA COISAAAA!
Como estava fiquei (em baixo do edredon) gelada de medo, não tive coragem de ver se tinha alguma coisa mesmo, mas também  não dormi a noite toda... só esperando o dia nascer (e demorou pra caramba!). Mas amanheceu e eu fui falar com o Luiz...
-Que que tu viu ontem de noite???
-Eu?! Nada... só tive um sonho estranho.
Canalhaaaa! Depois ainda me perguntam porque eu não confio nele...

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Segunda-feira preguiçosa

Cansada, pé doendo, nada pra dizer.
Segunda é um dia que ninguém tem nada pra dizer.

Do noivado

É... acordada ainda... Tava vendo o show do Paul na Globo, mas não tem comparação, não tem como tentar explicar, só estando lá mesmo para saber...#valeuMomes!
Hoje fazem 1 ano e 4 meses que eu e o Eduardo noivamos, não gosto de comemorar datas assim (por meses), mas é que não tinha falado ainda do noivado, nem quando a gente fez 1 ano, em julho.

No início do no passado, estávamos combinando de noivar no fim do ano... fazer uma festinha, reunir a família e os amigos, e fazer uma social! Mas nada saiu do jeito que a gente esperava.
Em maio descobri que estava doente, então decidimos noivar assim que eu saísse do hospital (ia fazer bem para o meu moral!)! Num sábado depois da alta fomos ver as alianças, e foi combinado de fazermos um almoço no sábado seguinte, só com os de casa, para a data não passar em branco... já que a situação mesmo importante não era pra festa... e de novo não deu certo (essa é minha sorte de sempre!), na terça-feira daquela semana, fui pro hospital com febre, fiquei internada... e a situação foi  piorando... 6 dias depois já estava entubada numa UTI.
Noivamos no mesmo dia que eu tive alta do hospital, dois dias depois que eu tinha saído da UTI (é... não foi nada como imaginamos...), trocamos alianças sozinhos no meu quarto, eu deitada na cama e ele ajoelhado ao meu lado. Não conseguia ficar de pé para dar um abraço nele...
Nesse um ano, eu não fui noiva nem namorada; eu fui a paciente.
Dia 22 de julho deste ano fizemos 1 ano de noivado, saímos pra jantar e foi maravilhoso! E só lá... durante a janta, que realmente me senti noiva dele (foi no início daquele mês que eu ganhei alta do tratamento)... agora podendo sair junto, ir no cinema, sair pra jantar, abraçar, beijar, fazer planos!
Hoje somos duas pessoas completamente felizes com a nossa rotina, da qual muita gente reclama, mas que faz muita falta quando você não tem!



...eu não existo longe de você...


domingo, 21 de novembro de 2010

Do sol na laje...

Gente... acreditam que eu ainda estou roxa nos braços?
Foi por causa da UTI, lá as enfermeiras não tem o mínimo de cuidado, ainda tenho roxos que ganhei da primeira vez que eu estive lá... em julho de 2009... e não sai nem com Hirudoid.
Não sei... to pensando em pegar um solzinho na laje! Assim se eu ficar preta, ninguém vai notar os defeitos na minha derme, ou então fazer bronzeamento artificial e ficar laranja, assim posso ser confundida com um Oompa-loompa (já que meu cabelo tá bem sem-vergonha também...). Mas esta semana vou lá na Jaque dar um jeito nas minhas melenas, se elas tiverem jeito!
Estou pensando em fazer algo mais da minha vida... minha mãe tá dando aula de pintura para crianças carentes, e sei lá, tava pensando em ir lá ajudar também... não sei fazer muita coisa, mas acho que poderia ensinar elas a fazerem móbiles... (meu bico de férias permanentes!)... ia ser bom ter alguma coisa pra me ocupar a cabeça, enquanto não começam as aulas.
Por hoje é só, já que eu odeio domingo...
Bjoos.

sábado, 20 de novembro de 2010

Harry Dog!

Tô louca pra ver Harry Potter!

Nos embalos do sábado a tarde!

Hola personas!
Meu dia hoje foi muitoo bom! Dormi como uma pedra, descansei pra caramba, durmo assim quando o Momes tá aqui, tão bom saber que ele tá ali do lado! Minha preocupação com o exame tá meio mascarada... é que agora estou mais preocupada com a minha semana e com os preparativos do casamento que eu e o Momes vamos ser padrinhos... gente... tanta coisa pra fazer que vocês nem sabem!
Fui no dentista hoje, acabar minha recauchutagem, e ficou muitoo bom! O estresse e a espera valeram a pena!
 Tive enxaqueca hoje, começo a ver uns pontos luminosos e fico parcialmente cega, é terrível, geralmente acontece quando eu estou nervosa, mas acho que me deu porque tava super ansiosa por ver meus dentes prontos!
Fomos no comer um sorvetão no Mc, e depois íamos no cinema, mas tiraram Atividade Paranormal de cartaz, e como o cinema ainda não respondeu minha reclamação, não vamos dar o gostinho da nossa presença! Mas acabamos saindo pra comer como sempre (... e depois reclamo quando me chamam de gordinha!), mas é bom comer bem! Fomos no Burguer King, bom pra caramba!
Agora estou em casa, vendo o jogo do Grêmio, que ganhou! Milagre...sempre que eu vejo o jogo ele perde... mas não é culpa minha, o Mick Jagger deve estar vendo também!

Ps.: Não se preocupem quando eu escrever coisas meio tristes, estou bem, é que ás vezes bate uma tristezinha mesmo... mas passa logo!
Bjoos!

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Das metas para o novo ano

Chegando o fim do ano, eu sempre lembro uma propaganda que eu vi :
-O que você fez de bom este ano?
E eu não sei, mas acho que não fiz grandes coisas, podia ter feito tantas coisas... ajudado mais gente, sido menos rebelde, mais grata, ter brigado menos, ter sido mais tolerante.
Mas tudo bem, o que passou, passou, agora é focar no ano que vem, já que vou ter o ano inteiro livre, posso começar tudo de novo!
Vou estudar, continuar a fisio, cuidar da minha saúde, sair mais, levar uma vida mais leve! Ser mais paciente (não literalmente falando, chega de hospital!), aceitar que as coisas acontecem, rir mais, ser mais feliz, fazer os outros mais felizes! Viver!
Que venha 2011!

Dia de cão?


quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Dos quilos que eu não tenho

Tive uns sonhos muito estanhos hoje, custei a dormir...a maldita tpm que não deixa minha cabeça parar.
Sonhei que tava bem feliz numa festa, com um copo na mão, e derepente um homem se vira e diz:
-Grazi, tu tá com 57 quilos!
-Aaaahhh!
Acordei a-pa-vo-ra-da! Meu Deus, será que já cheguei a tanto? Na última vez eu tava com 52... ou quem sabe eu já estou traumatizada, com as pessoas que, cada vez que me encontram soltam um: "Como tu tá gordinha!".
Caramba! As pessoas estavam acostumadas a me ver branca, careca e magraaa... aceitem minha gente, eu tô com cor (que cor? Acho que um branco desbotado cai bem), com cabelo (não mais semi-cabelos! Ah... que diva!) e não tão magra, mas também não estou gorda, nada contra os gordos, o que não gosto é disso chamar mais atenção que minha saúde, ou de  como eu estou caminhando bem. 
Claro que não estou como eu era antes de ficar doente, foi muitaaa medicação, meu corpo ainda está se re-adaptando a tantas coisas, mas espero que um dia eu volte a ser como eu era. Espero mesmo? Não, não espero. Sei que o que passou não volta mais, e cada dia eu aceito melhor isso, aceito minhas dificuldades e vibro com as coisas que descubro que ainda posso fazer, já fiz até faxina (não gosto, preferia ser bóia-fria, mas... tem que fazer, né?).
E assim a vida vai indo... devagar as coisas se acomodam!
Bjoos minha gente!

  
 Me?!
Oh! So sweet!

Pensamento do dia

Porque será que só as mulheres entendem essas coisas?

"Eu não quero que seus amigos saibam tudo sobre mim, só que quero que quando ninguém saiba onde você está, eles digam que você - provavelmente - está comigo. Eu não quero que você ame as bandas que eu gosto, só quero que você me ligue pra dizer que ouviu uma música dela, e lembrou de mim. Eu não quero que você me dê presentes o tempo todo, só quero que em um dia aleatório, você chegue com uma margarida roubada do jardim do vizinho. Eu não quero que você fique me abraçando o tempo todo, só quero que você pegue forte na minha mão quando passa algum mal-encarado na rua. Eu não quero que você me ligue o tempo todo, só que mande uma mensagem de madrugada, dizendo que não consegue dormir. Eu não quero que você me leve para onde você for, só quero que quando você voltar, diga que sentiu saudades. Eu não quero que você saia comigo todos os dias, só quero que em um dia qualquer você me ligue dizendo que está em frente a minha casa, me esperando. Eu não quero que você me faça declarações de amor, só quero que eu encontre meu nome escrito em algum canto do seu caderno. Eu não quero que eu seja o motivo da sua felicidade, só quero que você me diga que as coisas passaram a dar certo depois que eu apareci. Eu não quero que você me chame de apelidos como amor, linda, fofa, só quero que quando perguntem sobre mim, suas pupilas dilatem e você diga ‘minha pequena’".


Reblogado de: Eu não disse nada disso

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Tem um ladrão no teu telhado!

Hoje acordei beem melhor, até fui na fisioterapia com vontade!
Tava vendo agora no Jornal do Almoço, o novo golpe do "sequestro" pelo telefone, e daí muita gente diz... "Eu?! Bem capaz que ia cair", mas digo, a gente cai mesmo, eu pelo menos acho que ia cair fácil ( se feito por profissionais, claro, NÃO me passem trote... senão eu choro!).
Já passei por um trote mais ou menos assim e foi terrível... hoje é motivo de piada e depoimentos do Orkut (ai que vergonhaa)!
Tava no início do namoro com o Eduardo (este mês a gente faz 5 anos!), eram umas 04:00 da madrugada, eu tava dormindo na casa dele e o telefone celular toca (número desconhecido, ah...tudo bem!)... atendi:
-Alôn?
Ps.: Essa é voz de sono, tá pessoas?
-Chamaaaaa a políciaaaa! Tem um ladrão no teu telhado!
A pessoa gritando.
-O quêê?
-Chama rápido, que ele tá subindo.... ai meu Deus! Vai entrar na tua casa!
-T-t-t-tá, tá...eu vou li-ligar sim.
Eu já desesperada, quase chorando, de pé em cima da cama (porque quando a gente leva um susto deitado a gente levanta?). Aí o Eduardo com toda calma pegou o telefone, perguntou quem era, se eles sabiam pra quem tinham ligado... claro que eles desligaram. Ele passou o telefone pra mim e disse: não era nada, só um trote. Mas aí... eu tava com a adrenalina a mil, ainda apavorada...por via das dúvidas, liguei pra minha casa mesmo assim...
-Alôn?
Eles também estavam dormindo.
-Mãe, me ligaram agora, acho que é trote, mas falaram que tem um ladrão no telhado.
-O quêê?
Consegui apavorar mais uma. 
Mas contei o que tinha acontecido, que era um trote, e que por desencargo de consciência tava ligando assim mesmo. Ela também não muito convencida,  acordou meu irmão e mandou ele ir  fazer uma "ronda" no pátio. Não tinha ninguém em telhado nenhum, mas na hora a gente nem pensa...Imagina atender uma pessoa gritando pra chamar a polícia? Pânico na certa!
Ihh...tá tocando o telefone aqui em casa, espera.... ufa, é minha tia! Ela não sequestrou ninguém, só quer que meu pai arrume os lustres dela.
É isso minha gente... façam o que eu digo, não façam o que eu faço, se acontecer com vocês, NÃO se apavorem! Bjoos!

Desabafo

Já vou pedindo desculpas antes de começar, não consigo  dormir, tenho pensado bastante em tudo o que aconteceu no hospital, e só agora me cai a ficha do porque eu estou assim... tenho uma tomografia marcada pra próxima semana, e exames sempre tiram o meu sono, e a minha tranquilidade.
Este não é o primeiro grande problema que tive na vida, na verdade nem o segundo, mas só vou falar de coisas que dizem respeito a mim. Quando tinha 17 anos, em agosto de 2002 eu descobri que tinha um Linfoma de Hodgkin (acho que é a 1ª vez que conto isso aqui), um tipo de câncer que ataca as células de defesa do organismo (os tecidos linfáticos), mas minha maneira de lidar com isso, naquela época, foi totalmente diferente da maneira que trato hoje o Sarcoma de Ewing. Naquela época foi tudo muito fácil (em vista de agora), claro que sofria os efeitos da quimioterapia e radioterapia, mas nem em comparação do que foi desta vez. Eu fazia quimio de 15 em 15 dias, e o meu cabelo caiu uma só vez, e continuava crescendo ao longo do tratamento; a minha imunidade não baixava e eu levava uma vida quase normal, somente nas últimas 4 últimas sessões de quimioterapia que eu realmente fui sentir as reações. Minha cura veio em julho de 2003, e desde aquela época eu vinha fazendo controle da doença, consulta de 3 em 3 meses por 2 anos e depois de 6 em 6, fazia exame de sangue sempre e tomografia 1 vez ao ano. Este controle de nada me serviu pra diagnosticar logo o Sarcoma, que realmente só começou a me incomodar em abril de 2009, mas já sendo tarde para evitar as sequelas motoras, porque o tumor estava pressionando o meu nervo ciático... passei por muita coisa nesse 1 ano e meio de tratamento, coisas que eu jamais imaginaria, e achei que não iria aguentar, o tratamento oncológico é uma coisa muito cruel, e ás vezes nem a certeza de que vai dar tudo certo você tem. Meu maior medo depois de ter tido o Linfoma era de ter que passar de novo pela quimioterapia; e parece que é sempre assim... "o que eu mais temia me aconteceu". Espero, do fundo do coração que tudo dê certo e que nada mais de mal me aconteça, não sei se estaria preparada pra lidar de novo com esta situação.
Peço que rezem por mim, que meus exames continuem ótimos e que só seja um medo bobo, que passe logo.
Já estou me sentindo melhor por ter compartilhado isso com vocês...mas peço mil desculpas por não ser uma coisa boa de ler...
Muito obrigada por continuarem lendo o blog e mandando mensagens de apoio sempre...
Bjos da melodramática-pseudo-mexicana, 
Grazi

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Dos livros

Pois é... depois desse feriadão, a terça-feira perdeu a graça.
Não tô a fim de fazer nada, nem de falar nada, tô num dia meio anti-social...
Faz tempo que eu não tenho nada de bom pra ler, antes, eu comprava no mínimo 2 livros por mês, e quando estudava, pegava muitooos livros na biblioteca. Gosto muito de ler, principalmente quando estava no hospital e não tinha nada pra fazer, principalmente na emergência que não era permitido levar tv.
Na primeira vez que eu fui pra emergência, eu desabei, não sabia como era e achava que ia sair logo, fiquei 5 dias, trancada num cubículo, junto com outra menina que também estava com a imunidade baixa (ela tava muito dopada, a quimio dela tinha dado errado). No primeiro dia, eu chorava o tempo todo, deitada em cima de uma maca, sem travesseiro, sem minha família. Quando a minha mãe ia me visitar (só 15 minutos, 3x dia) me agarrava nela e pedia pra ela me levar dali. No segundo dia as coisas começaram a melhorar, me conseguiram uma cama, um travesseiro e minha mãe me levou o livro "Feliz Ano Velho" do Marcelo Rubens Paiva pra eu ler.
Eu já tinha lido, mas ler enquanto tava no hospital, numa situação parecida com a dele foi totalmente diferente, um livro muito legal que mostra que as coisas ruins acontecem com todo mundo e que a gente tem que se adaptar sempre. Ele narra o acidente e a recuperação dele de uma forma leve, sem ressentimentos... queria saber lidar assim com os meus problemas...
Aí vai um resuminho (Site Submarino): o livro é um relato verdadeiro do acidente que deixou Marcelo tetraplégico, a poucos dias do Natal de 1979. Jovem paulista de classe média alta, vida boa, muitas namoradas, ele vê sua vida se transformar num pesadelo em questão de segundos. Durante um passeio com um grupo de amigos, Marcelo, de farra, resolve dar um mergulho no lago. Meio metro de profundidade. Uma vértebra quebrada. O corpo não responde. Começa ali, naquele mergulho, a história de Feliz Ano Velho.
Eu não vou contar o resto... é pra ficar com vontade de ler...
Tinha que escrever alguma coisa relacionada ao hospital, acordei pensando muito nisso hoje, talvez por isso eu esteja meio "jururu".
Bjos


Quem canta os seus males espanta, e quem lê também...

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Filme cult-favelístico-suburbano-brasileiro

Olá pessoas amadas!
Meu dia hoje foi meio corrido pela manhã... tive que fazer o almoço, fiz arroz (ahá! Não queimei e nem deixei virar papa)... também com um intensivão de feriadão, se não aprendesse agora...nunca mais! Fiz galinha escabelada e bolinho de arroz (olha aí!)... Ficou tudo muito bom, mas fiquei detonada! Me diz como uma dona-de-casa consegue sobreviver depois de fazer o almoço??? Fiquei um caquinho, dor nas costas, nos braços... ai... acho que é a velhice chegando!
Meus pais chegaram logo depois do almoço... no fim eles não foram acampar (eu não tive nada com isso), foram pra Tapes, ficaram numa cabana na beira da Lagoa dos Patos (ai! Que romântico, neh?)!
De tarde eu e o Momes vimos o filme "Resident Evil - O recomeço", uma bosta, logo no início falei pro Eduardo... não vou enteder nada, não vi os outros... aí ele me disse que esse era o recomeço que eu não ia precisar entender...
Que bom, porque não sei se não gostei porque não entendi ou o filme é uma bosta mesmo...odeio os filmes de hoje... tudo muito imitação de Matrix, as lutas, as cenas em "slow motion", sabe? Eu não vi Matrix, mas dizem que é assim (sim, a cena clássica do Neo atirando nos seguranças, e dele desviando das balas, eu vi sim!), e já bastou, pra eu definitivamente NÃO gostar desse tipo de filme.
Me recompensando pelo almoço ma-ra-vi-lho-so (rsrsrs) que eu fiz, o Momes me levou no cinema, íamos ver "Jogos Mortais VII", em 3D, só assim mesmo, porque acho que não ia aguentar ver mais um, o tal de Jig Saw tá morto faz uma caralhada, e mesmo assim as sequencias não tem fim!
Bom... mas o ar-condicionado da sala não tava funcionando... fomos ver então o "Tropa de Elite 2", bah...muito bom, adoroo filme de maloqueiro, tipo "Cidade de Deus" e "Carandiru", muito tiro, vários palavrões...um filme cult-favelístico-suburbano-brasileiro... adoroooo!
Mas quando entramos na sala o ar também não tava funcionando, e no fim do filme, não ligaram as luzes, tivemos que sair no breu total, tá louco...pensei: "se alguém pisar no meu pé, fecho a mão e dou um megabitornado* na orelha..." (porque eu sei me defender!!!).
Acho uma falta de respeito com os clientes, ah...eu não quero nem saber, reclamo mesmo, mas por email que é mais confortável! O Momes me deu a missão de reclamar,e...

Missão dada é missão cumprida! 

Bom, vou parar por aqui, senão o post fica muito longo.B-jo!

 Glossário:
*Megabitornado: Versão do meu pai para a "concha" na orelha, ou o popular "pedala Robinho".


domingo, 14 de novembro de 2010

Da fofura



Pois é... ficou parecendo que meu blog é de uma pessoa "fofa"!
Mas não é... não se enganem...eu continuo a mesma!
E é isso, por agora, passei o dia inteiro em cima desta mudança, espero que gostem!
Bjo, bjo, bjo!


"Fazendeira" da semana

Pois é minha gente... meus pais foram viajar e eu fiquei de "Fazendeira" da semana (do fim de semana),  a responsável pelos irresponsáveis! Mas não adianta de nada, ninguém me obedece, nem minhas cadelas...
Eu reconheço, eu sou chata, não gosto de bagunça (dos outros). Do meu irmão principalmente.
Eu não me importo...quer trazer os amigos pra cá...traz... só não quero ter que caminhar por cima de ninguém atirado entre a sala e a cozinha! 
Mas fiz minha parte...a única coisa que eu poderia fazer... fofoca pro meu pai! Que não adianta absolutamente NADA
Aff, vou falar...cansei... da próxima vez, já entrego pra ele uma caixa de fósforo e gasolina, pra tocar fogo na casa de uma vez... #abstraioechamoosbombeiros!
Estou me aperfeiçoando na arte de ser dona de casa, estou até fazendo arroz (pra mim é muitooo difícil, nunca consegui acertar o ponto... ainda não consigo...em 2 dias queimei 2 vezes!), quando não queima vira uma papa, mas, quem sabe um dia eu aprenda... ouvi dizer que já existe uma panela só pra fazer arroz (quando casar eu vou querer uma, mas até lá quem sabe não inventem o arroz de microondas?!).
Mas não foi só isso! Fiz strogonof, massa com linguiça (básico), e galinha com maionese e queijo ralado (em refeições separadas, claro, porque aqui ninguém é ogro... só o meu irmão).
Ok, ok...não vou deixar que nada me estresse (hoje), porque ontem já foi e amanhã...quem sabe?!
Tava começando a me estressar e o Momes me comprou um picolé (ia funcionar melhor se ele me levasse na Renner e me desse alguma coisa!), mas por enquanto foi suficiente!
Bjoo gente, tô com sono...acho que vou tirar uma "sonequinha da beleza"!
Até mais com mais relatos do emocionante feriadão da Grazi...

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Ex-Sr. Burns, futura Chitãozinho & Chororó?!?!

Pois é minha gente... falei, falei que ia colocar o mega-hair antes do fim do ano...
Mas sabe como é que é... não dá pra contar com o ovo no c* da galinha! (By: Carlote).
Fui na minha tia hoje, que tem um salão aqui em Canoas, o Cult Hair (olha o merchan!), pra ver se já dava pra colocar  mega, porque dia 27 tem um casamento e já queria estar no "ponto", e também pra passar as festas de visual novo, deixar 2010 totalmente pra trás...
Mas cheguei lá, a Jaque olhou... 
-Sei que tu não aguenta mais ficar sem cabelão, mas..
Ai, quando ela dise aquele mas, já senti... putz, aí vem bomba!
Não dá pra colocar ainda, porque senão eu vou parecer uma cópia do Chitãozinho e Chororó (nos tempos áureos do "Fio de Cabelo", lembra? Não lembra joga no Google...), saco, saco, saco... se bem que eu prefiro ficar como estou agora do que ser um sertanejo dos anos 90. Tem que ter paciência, não adianta.
Meu cabelo já esteve bem pior... demorou a nascer, porque tomei muitooooo remédio, e quando começou, nascia só dos lados, eu tava a cara do Sr. Burns dos Simpsons. Agora pelo menos já tenho cabelo no cucuruto!

2011 rumo a um mullet!!!

Acampamento?! NÃOOOOO!

Olá gente boa...
Feriadão chegando e eu de novo vou ficar em casa... :(
Queria ir pra praia, pro interior, quaquer lugar, dar uma espairecida, porque ficar em casa também cansa.
Minha mãe e meu pai vão viajar, mas já avisaram de ante-mão: Não vamos levar ninguém! Ah...então tá, quem disse que eu queria ir mesmo? E não queria, é sério. Eles vão ir acampar, e taí uma coisa que é pior do que ficar em casa. Tive uma experiência terrível com acampamentos.
Acho que foi em 97, foi toda a família, incluindo, tios, tias, primas (não tenho primos), vó, vô, enfim todo mundo, pro sítio do vô da minha prima (deu pra entender?!), lá em Barra do Ribeiro. 
No decorrer do dia tudo era festa... um bando de crianças correndo, se atirando no laguinho, brincando com os bichinhos...mas aí chegou a hora de dormir, já fui ficando tensa (tenho pavor de dormir mal). Tive que dormir com a minha mãe e meu irmão em uma barraca pra 2 pessoas, a gente teve que dormir intercalando cabeças e pés (pra caber todo mundo), eu fiquei com a cabeça na porta da barraca. 
Quase nem dormi, de tantoo mosquito, só quando começou a clarear o dia que eu peguei no sono, mas também não por muito tempo... passando na frente das barracas um bando de patos gritando (acho que é gritando, né? pelo menos eu me lembro assim...) e batendo as asas, iam passeando bem devagarinho, pra acordar todo mundo! Êlaiá! Eu tava podre de cansada, esperei a "procissão" passar e fui dormir de novo.
E dormi...mas acordei apavorada! A barraca tremia toda... pensei "Meu Deus, só que falta agora um terremoto..."...abri a portinha... tudo no lugar, é... nem tudo... grudado nas cordinhas da barraca (aquelas que deixam ela esticada), um porquinho! Bem feliz tentando comer o nosso "lar", e com isso deixando a barraca toda capenga.
Bom, depois dessa, abstrai e levantei...  E foi esse o meu primeiro e último acampamento.
É por isso que eu não acampo nem que me paguem, podem até tentar me convencer...
-Mas lá não tem pato, nem porco... vai dar tudo certo!
-Não, não e não. Tá bom aqui!
Bom feriadão pra quem vai viajar, pra quem vai ficar em casa e pra quem vai acampar (mesmo eu achando que não é possível a pessoa ser feliz acampando!)
Bjoos pra todos!

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

É...

Querer escrever e não ter o que contar

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Meio paranóica, meio bipolar

Oi minha gente!
Hoje não estou muito a fim de escrever... tô com uma ardência nos olhos...não sei se é da maquiagem ou é sono mesmo, já que não dormi de tarde (consegui uma brecha na agenda do dentista!).
Mas fico com um peso na consciência quando fico um dia sem escrever... parece que daí ninguém nunca mais vai me ler! É..eu sei, eu sou meio paranóica mesmo, meio paranóica, o outro meio deve ser bipolar!
Esta semana tô tão cansada, tão cansada... deve ser ainda do show do Paul, foi minha primeira grande saída, não tava mais acostumada minha gente! Mas quero começar o ano com gás total, estudando muito, trabalhando nem tanto! #vivaoINSS!
Hoje fomos nos meus avós, é aniversário do meu vô (Parabéns seu Guilherme!!!), ai adorooo aniversário, mas gosto quando é uma coisa mais caseira, mais família, dá pra conversar, rir e levar o que sobra para casa! Mas hoje não fiz isso...me esqueci! 
Fiquei conversando com a Luísa um tempão, vcs sabiam que a Blosson é que faz a namorada do Sheldon no "The Big Bang Theory"? Tipo, ela tá irreconhecível, tá muitooo feia (não que ela não fosse). Aí fico pensando... espero que quando alguém  lembrar de mim e me ver agora, não pense a mesma coisa. Se bem que eu tenho a consciência que eu não estou nem perto da minha melhor forma! Mas tudo bem, me dei um tempo pra me recuperar bem , e aí sim pensar em futilidades estéticas!
Amanhã já é quinta...a semana tá passando depressa.
Bjoos

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Fecha a bocaaa!

Do dia de hoje!

Oi minha gente!
Ainda em estado de êxtase por conta do show de domingo!
Hoje não tenho muitas coisas pra contar...
Fui no dentista (de novo) e ele desmarcou a consulta de sexta e remarcou só para dia 20... ai, me diz o que eu faço com um cara desses? Pior é que já reclamei, já falei, já olhei feio, mas não adianta, o Japa é duro na queda... vc deve estar se perguntando...
-Que diabo essa menina tanto faz no dentista?
É uma recauchutagem bucal minha gente! Estou restaurando meus dentinhos para que eles fiquem bem branquinhos e retinhos!
De tarde fui na fisio, caiu uma chuvaaa, parecia um tornado, bem legal de olhar, tava dentro da piscina, que é semi-cercada de janelas... só faltou passar uma vaca voando, de resto me lembrou bastante o Twister!
Fui com o Momes de novo alugar o terno, hoje sim, tinham mais modelos disponíveis... o Momes ficou uma coisinha linda de terno! Eu, que já tinha há muito alugado o vestido me encantei por outro! Muito mais bonito... claro que isso ia acontecer comigo...trocar coisas é a minha sina! Aguardaremos novos capítulos!
Ah...pra quem foi no show e pra quem não foi, tenho uma dica de dvd, o show do Paul da turnê passada, o set list é bem parecido, as piadas também (só o gauchês que foi ÚNICO!)...o nome é Good Evening New York City! 
Fica a dica!

Bjoooos!

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Do inesquecível e inexplicável

Oi minha gente!
Excepcionalmente hoje estou postando minhas odisséias pela manhã... não, não estou levando uma vida saudável com o sono regular...só tive que ir no dentista de manhã cedo.
Então, como eu ia contando ontem, foi uma experiência única, inesquecível e inexplicável!
O Momes foi pro Beira Rio de manhã, a fim de tentar pegar um lugar na fila pra conseguir um bom lugar lá dentro. Mas, se formou um tumulto generalizado, e as filas se tornaram uma bagunça. Fim das contas: não adiantou nada ter ido de manhã pra lá! Mas serviu de experiência (validíssima!)!
Eu cheguei lá eram 15:30, já fora da fila então, o Momes me convidou pra ir na concentração da Oi, tava bárbaro, sombra e água fresca no deserto do Saara! Ontem tava muitoo quente, e lá na Oi eles fizeram uma tenda com bebida e comida liberada, música e banheiros limpos, já que na fila tava uma baderna, pouquíssimos banheiros, com filas monstruosas; as próprias filas de entrada do show, totalmente desorganizadas , orientadores que não sabiam orientar nada! Imagina quando chegar a copa!
Mas...conseguimos entrar no estádio ás 18:30 e pegamos lugares bem em frente do palco, na última fileira do anel superior! Tava bom demais...ninguém na nossa frente, lugares vagos dos lados (ótimo pra mim, que pude esticar bem as pernas!). Que aliás fui com minha bota do pé-quebrado (imobiliza bem e chama menos a atenção) e tênis Nike!
O Paul entrou com 10 minutos de atraso (e a pontualidade britânica?!), o início do show foi sensacional! Ele tocou duas músicas e aí sim parou pra falar com a galera! Tiro totalmente o chapéu pra ele, que se esforçou pra falar bem o português e o gaúchês, que falou que durante todo o show, tiradas bárbaras... tipo... "Mas bah tchê!", aí o estádio foi abaixo, gritarias e palmas durante um bom tempo, da mesma forma quando ele mandou um "Tri legal!"... muito, muito legal mesmooo. Na hora que ele tocou "Let me roll it", passou uma estrela cadente! Coração palpitante!
Este dia de emoções mil, pra mim foi muito importante, não só por ver o"Paul lenda", mas por começar a reconquistar minha liberdade, a começar a ter uma vida normal, de uma jovem normal...
Fiquei muito emocionada o show todo, depois de tudo o que eu passei em 2009/2010, estar ali, curtindo como todo mundo, teve um peso muito grande pra mim, me senti grata, pois de todos os problemas que podiam ter me acontecido, tanto pela doença, quanto pelos efeitos colaterais, a única coisa que me aconteceu foi ter dificuldade motora no pé, permanecendo meus sentidos intactos, podendo ver, ouvir, andar (digo isso, por que muitas vezes além da sequela do tumor, os pacientes tem vários outros problemas, a quimioterapia por exemplo pode causar outros problemas como a surdez [segundo depoimentos em sites]). Chorei muito quando ouvi "Let it be", pois muitas vezes usava este lema, o "Deixe estar"... me senti viva, livre, feliz!!!
Ontem foi com certeza um marco pra mim, a vida hoje pode ser de novo como era!
Foi muito importante ter ido só com o Momes, porque a gente passou muito tempo passando trabalho e poder sair só pra se divertir... é... a recompensa finalmente chegou!
Foi um dia pra ficar na história!
Aí vão as fotos... não estão muitos boas, mas é o que a casa oferece!

Concentração Oi








O Show!





E é isso!
Inesquecível e inexplicável!

Exausta!

Já cheguei meu povo! Muitooo cansada (exausta seria a palavra), mas muito, muito feliz!
Posso dizer com certeza que foi a coisa mais incrível que eu já tive a oportunidade de ver!
Mas não vou me prolongar muito, que amanhã acordo cedo pra ir no dentista... mas volto com detalhes do meu dia de felicidade!
Bjoos, boa noite!

domingo, 7 de novembro de 2010

Ai que nervoso!



Em contagem regressiva!



sábado, 6 de novembro de 2010

Dos compromissos diários

Compromissos do dia 06 de novembro de 2010.

1. Aluguel de terno para o Momes. 
De manhã, Canoas-RS.
Chegamos lá, tinham 3 (três) ternos, um maior que o outro... o Momes experimentou...
-Que tu acha?
-Que que tu acha?
Poxa, uma loja de aluguel de roupas para festas ter só 3 (três) ternos... baixa a porta!
Ps.: O aluguel é para um casamento, para o show o traje é esportivo-casual.

2. Ver o entorno do Beira Rio.
De tarde, Chiqueirão, Porto Alegre-RS.
Papagaiada braba dos veículos de comunicação, chegamos lá crente que a fila já estava fazendo voltas, mas na nossa entrada só tinham 2 (duas) barracas montadas. Amanhã o Momes vai pra lá de manhã, então tá tudo dominado.
Ps.: Fui com um tênis que acabou com o meu dedo, e agora, vou de tênis? Vou de bota? Qual tênis? Qual bota? Será que vou com uma bota e um tênis? Não sei... (Idem ao dilema de 05/11/2010).
Pior é que ainda não sei... #Abstraio e vou de pés descalços.

3. Passar na casa do Momes e pegar as pilhas para máquina fotográfica.
De tarde. Cachoeirinha -RS.
Nada demais, chegamos lá, pegamos as pilhas, e resolvemos ligar para a ZH.
-Oi, queria uma informação... pode levar máquina fotográfica?
-Não, só binóculo e almofada.
Ps.:  No ingresso está escrito que só não podem máquinas e filmadoras profissionais, a minha não tem nada de profissional, nem as pilhas. E agora, reinvindico para quem???
Puta falta de sacanagem.

4. Comprar guloseimas para o Momes comer na fila.
De tardezinha. Carrefour, Canoas-RS.
Lista do mercado:
3 garrafinhas de água (sem gás)
1 Coca-cola
1 Gatorade
1 Bolacha Leite Moça
1 Club Social
Ps.: "Verdes" no setor compras domésticas, acabamos comprando 3 garrafas de água com gás.
As garrafas agora estão em cima da bancada com as tampas abertas para a retirada do gás (adianta? Não sei... não foi minha idéia...).

5. Vegetar para guardar energia.
De noite (vocês sabiam que se dá boa noite depois das 18hs?! Eu fiquei sabendo no mercado!), casa, Rua Das Araucárias, ***, Canoas-RS.
Tomei banho, comi um baguete de frango (by: Carrefour), e agora estou de pés (pé...esquerdo) pra cima, evitando a fadiga.
Ps.: Já estou em fase de desidratação.

Boa noite...beijo pra todo mundo!

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

O Paul não dança

Ô boca maldita...
Tá certo que eu não tava aguentando o calor, mas só pedi pra não chover... 
Fui na fisio hoje de manhã e um menino da clínica me perguntou se eu ia no show do Paul, eu disse sim, aí ele:
-Ah, mas ele só fica lá paradão no palco, não tem dançarinas né?
-Oi? Tá falando sério? Claro que não, né?
-Ah...então prefiro o Black Eyed Peas, a Fergie dançando...
-O.o...ãh... é... sim... então tá... (faltaram-me as palavras!).
Gente do céu... não quero falar do gosto musical das pessoas, porque até então escuto de tudo (menos funk e pagode, e música de bailão), e também gosto muito da Fergie e do resto.
Mas não ter noção do que o Paul representou pros The Beatles e representa ainda hoje, e que esse vai ser sua última turnê mundial, com certeza a última chance de muita gente ver ele tocar (eu inclusive)! Vou confessar que não conhecia muitas músicas dele, mas gostava bastante dos Beatles... mas aí compramos um dvd pro Momes... o cara é foda! Mas como gosto de deixar claro, esta é apenas a minha opinião!
Ninguém precisa gostar das mesmas coisas que eu, nem quero isso, mas um pouco de respeito é sempre bom, né?! Não vou lá ver ninguém dançar, senão ia num show do Tchan (existe ainda? Espero que não).
Mas é isso, estou em contagem regressiva para domingo, um frio na barriga, uma indecisão... vou de tênis? Vou de bota? Qual tênis? Qual bota? Será que vou com uma bota e um tênis? Não sei...
O que não posso é ficar desconfortável, mas até amanhã eu já tenho tudo decidido (eu acho)...
Bj


...Se ele dança, eu danço...